Paschoalotto/Bauru arrasa Flamengo, vence e provoca quinto jogo na final | Esporte Alagoas Reviewed by Momizat on . Com uma atuação de gala, o Paschoalotto/Bauru foi incontestavelmente superior ao Flamengo, ontem à tarde, no Ginásio Neuza Galetti, em Marília, venceu o quarto Com uma atuação de gala, o Paschoalotto/Bauru foi incontestavelmente superior ao Flamengo, ontem à tarde, no Ginásio Neuza Galetti, em Marília, venceu o quarto Rating: 0
Você está aqui:Home » ESPORTES DE QUADRA » Basquete » Paschoalotto/Bauru arrasa Flamengo, vence e provoca quinto jogo na final | Esporte Alagoas

Paschoalotto/Bauru arrasa Flamengo, vence e provoca quinto jogo na final | Esporte Alagoas

Com uma atuação de gala, o Paschoalotto/Bauru foi incontestavelmente superior ao Flamengo, ontem à tarde, no Ginásio Neuza Galetti, em Marília, venceu o quarto jogo da série melhor de cinco contra o Flamengo por 94 a 81, empatou o playoff em 2 a 2 e vai para o Rio de Janeiro definir o campeão do NBB8 no próximo sábado, às 14h10.

Intenso na defesa e irrepreensível no ataque, o time bauruense, que jogava pela sobrevivência no campeonato, não deu chance para o fim do confronto e cumpriu seu objetivo, estendendo a série para o quinto duelo. Agora, busca repetir o que conseguiu no segundo jogo da série, voltar a ganhar nos domínios rubro-negros para levantar o troféu e se tornar o primeiro paulista campeão do NBB.

O jogo

O Paschoalotto começou em ritmo intenso e com a pontaria afiada do perímetro. Foram quatro cestas de três, duas de Robert Day e outras duas de Jefferson, além de dois pontos de Paulinho Boracini e o time bauruense abriu 14 a 2. A marcação que o Bauru exercia era sufocante, tirando o Flamengo da zona de conforto. Quando Hettsheimeir anotou mais três pontos, o técnico José Neto, do time carioca, parou o jogo. A partir daí, o jogo se equilibrou e as equipes trocaram pontos, com Bauru apostando também em infiltrações, com Alex e Léo Meindl. No último ataque bauruense, Hettsheimeir fechou a parcial com chute de três em 28 a 13. Trabalho defensivo louvável, limitando completamente as ações do poderoso ataque rubro-negro.

O segundo tempo começou com as equipes com a pontaria descalibrada. O Flamengo seguiu sem resposta para a boa defesa bauruense e insistiu bastante nos arremessos de fora sem sucesso. Bauru se deu melhor jogando na área pintada e anotou com Hettsheimeir e Léo Meindl, elevando a vantagem para 19 pontos, 32 a 13.

Jefferson desequilibrou com seis pontos consecutivos e a diferença bateu em 23 pontos. O momento “show” veio em contra-ataque puxado por Léo Meindl, que deu drible pelo alto em cima do marcador, avançou e cravou sobre a defesa carioca, levantando o ginásio em Marília. No segundo final, Robert Day fez os dois últimos pontos da parcial e Bauru foi para o intervalo com vantagem de 21 pontos, 51 a 30.

Depois do primoroso primeiro tempo, o Paschoalotto voltou “desligado” para o terceiro quarto. O Flamengo se aproveitou e anotou sete pontos consecutivos. Foi a fagulha para acender o time bauruense. Robert Day e Hettsheimeir castigaram da linha dos três e, em contragolpe, o Bauru voltou a abrir 21 pontos, 61 a 40. Sem poder de reação, o Flamengo se mostrou nervoso e acabou punido com falta técnica do banco. O descontrole emocional do time carioca ficou mais evidente quando o fisioterapeuta Ricardo Machado foi excluído da partida. Transtornado, acabou se envolvendo em confusão com torcedores quando deixava a quadra e saiu escoltado por seguranças. Tensão à parte, Bauru se manteve concentrado e terminou a parcial vencendo por 77 a 55.

Com a confortável vantagem, o Paschoalotto administrou no quarto final e gastou bem o tempo. Perdeu a parcial, mas venceu a partida por 94 a 81 para decretar a realização do quinto e decisivo jogo. Para festa dos 6.827 torcedores no ginásio.

“Mordidos”

O técnico Demétrius Ferracciú admitiu que o Bauru entrou com motivação extra pelo erro de arbitragem contra o Paschoalotto no jogo três. “A gente usou isso como motivação. Não podíamos ficar lamentando e usamos da maneira positiva. Isso deu força para entrarmos como entramos”, declarou. “Ganhamos o jogo na defesa”, acrescentou Hettsheimeir.

Comentários

comentários

Sobre o autor

Redação Esporte Alagoas
Equipe de Redação

O Esporte Alagoas é o maior portal de notícias esportivas de Alagoas. Aqui, acompanhamos todas as modalidades esportivas praticadas no estado. Entre em contato conosco e e conheça nossas propostas de parceria. Esporte Alagoas, Vivemos o esporte!

Número de entradas : 1382

© 2013 - 2015 - Desenvolvido e Hospedado por Giga WS

Voltar para o topo