Seleção-Rio-de-Janeiro-Voleibol-Juvenil-Bicampeã

De Saquarema (RJ), Josi Schmidt – 11.04.2015 – A seleção do Rio de Janeiro foi soberana ao vencer o Rio Grande do Sul na final do Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS) juvenil feminino – Sub 17 – da primeira divisão, realizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). A vitória foi por 3 sets a 0 (25/20, 26/24, e 25/16) neste sábado (11.04) no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ).

Seleção Rio de Janeiro Voleibol Juvenil Bicampeã

Com o resultado a equipe carioca conquistou o bicampeonato na categoria. O primeiro título foi em 2013 após derrotar a seleção de Minas Gerais também por 3 sets a 0.

Para o técnico da seleção carioca, Hylmer Dias, esse é o quarto título no CBS. Bicampeão na categoria infanto e agora bi no juvenil.

É uma realização sem dúvida muito gratificante e emocionante, pois conseguimos fazer uma grande campanha com essa geração renovada que veio crescendo durante a competição, atingindo o auge do nível de jogo nesta final. Estou muito feliz e agradeço a equipe e todos que colaboraram com essa conquista”, declarou emocionado o técnico.

A partida teve dois pontos determinantes: o bloqueio e o saque da seleção do Rio de Janeiro que reverteu de forma extraordinária o jogo quando perdia o segundo set por 18 a 11.

Acredito que aquela sequência de pontos favoreceu muito a equipe, devolvendo a confiança. Ninguém acredita na virada até que ela aconteça e nós acreditamos e conseguimos”, disse a ponteira carioca Bia Franklin, 17, que faz sua quarta participação no campeonato.

A decisão do título foi um feito histórico para a seleção do Rio Grande do Sul. De acordo com o técnico gaúcho, Gilberto Bellaver, a equipe volta pra casa com o dever cumprido.

Nunca tínhamos chegado a uma final e agora chegamos. Tivemos a chance de fechar aquele segundo set quando estava 24 a 19, mas jogo é assim mesmo e por isso que é bonito”, acrescentou Bellaver.

Disputa de 3º e 4º lugares
A seleção do Paraná derrotou a equipe atual campeã do CBS, São Paulo, em uma grande partida valendo a medalha de bronze do Campeonato. O placar do jogo, com parciais equilibradas, foi 3 sets a 1 (26/24, 22/25, 28/26 e 26/24). As equipes já haviam se enfrentado na terceira rodada quando as paranaenses venceram no tie-break classificando em primeiro do grupo.

A ponteira canhota, Beatriz Flávia Carvalho, 16, que faz sua terceira participação no brasileiro vestindo a camisa paranaense, sendo duas no infantojuvenil, resumiu a campanha da equipe na competição.

A gente vem de um treinamento muito forte nas últimas semanas. Acertamos alguns erros cometidos na semifinal contra o Rio Grande do Sul e isso melhorou consequentemente a postura do time neste jogo, mantendo assim o Paraná entre as três melhores”.

Classificação final
1º Rio de Janeiro
2º Rio Grande do Sul
3º Paraná
4º São Paulo
5º Santa Catarina
6º Minas Gerais
7º Distrito Federal
8º Alagoas
9º Rio Grande do Norte
10º Pernambuco
11º Ceará
12º Goiás

Resultados
1ª Rodada – 06.04 (segunda-feira)
Jogo 1 – São Paulo 3 a 0 Goiás (25/12, 25/8 e 25/8)
Jogo 2 – Paraná 3 a 0 Alagoas (25/10, 25/20 e 25/20)
Jogo 3 – Rio de Janeiro 3 a 0 Pernambuco (25/10, 25/16 e 25/13)
Jogo 4 – Rio Grande do Sul 3 a 1 Rio Grande do Norte (13/25, 25/15, 27/25 e 25/15)
Jogo 5 – Minas Gerais 3 a 0 Distrito Federal (24/21, 25/15 e 25/22)
Jogo 6 – Santa Catarina 3 a 0 Ceará (25/4, 25/10 e 25/14)

2ª Rodada – 07.04 (terça-feira)
Jogo 7 – São Paulo 3 a 0 Alagoas (25/20, 25/11 e 25/20)
Jogo 8 – Paraná 3 a 0 Goiás (25/15, 25/15 e 25/13)
Jogo 9 – Rio de Janeiro 3 a 0 Rio Grande do Norte (25/13, 25/16, 25/10)
Jogo 10 – Rio Grande do Sul 3 a 0 Pernambuco (25/12, 25/7 e 25/15)
Jogo 11 – Minas Gerais 3 a 0 Ceará (25/7, 25/11 e 25/12)
Jogo 12 – Santa Catarina 3 a 0 Distrito Federal (25/16, 25/19 e 25/22)

3ª Rodada – 08.04 (quarta-feira)
Jogo 13 – Paraná 3 a 2 São Paulo (21/25, 25/22, 25/18, 18/25 e 15/12)
Jogo 14 – Alagoas 3 a 1 Goiás (23/25, 25/14, 25/17 e 25/14)
Jogo 15 – Rio de Janeiro 3 a 2 Rio Grande do Sul (15/25, 25/13, 14/25, 25/18 e 15/9)
Jogo 16 – Pernambuco 3 a 0 (25/23, 16/25/, 25/20 e 27/25)
Jogo 17 – Minas Gerais 3 a 1 Santa Catarina (25/23, 15/25, 25/13 e 25/23)
Jogo 18 – Distrito Federal 3 a 0 Ceará (26/24, 25/19 e 25/20)

4ª rodada – 09.04 (quinta-feira)
Disputa de 9º e 11º
Jogo 19 – Pernambuco 3 a 1 Ceará (25/22, 15/25, 25/16 e 25/17)
Jogo 20 – Rio Grande do Norte 3 a 0 Goiás (25/17, 25/15 e 25/8)

Quartas de final
Jogo 21 – Paraná 3 a 2 Distrito Federal (25/17, 23/25, 23/25, 25/13 e 15/13)
Jogo 22 – Rio Grande do Sul 3 a 1 Santa Catarina (29/27, 21/25, 25/22 e 25/7)
Jogo 23 – São Paulo 3 a 2 Minas Gerais (13/25, 23/25, 25/16, 25/13 e 15/13)
Jogo 24 – Rio de Janeiro 3 a 0 Alagoas (25/16, 25/11 e 25/10)

5ª rodada
Disputa de 9º
Jogo 25 – Rio Grande do Norte 3 a 1 Pernambuco (13/25, 25/21, 25/21 e 25/18)
Disputa de 5º a 8º
Jogo 26 – Santa Catarina 3 a 1 Distrito Federal (24/26, 25/18, 25/17 e 25/10)
Jogo 27 – Minas Gerais 3 a 1 Alagoas (25/18, 19/25, 25/16 e 25/18)
Semifinais
Jogo 28 – Rio Grande do Sul 3 a 1 (25/21, 25/9, 19/25 e 26/24)
Jogo 29 – Rio de Janeiro 3 a 2 São Paulo (19/25, 25/18, 21/25, 25/21 e 15/10)

6ª rodada
Disputa de 5º a 8º
Jogo 30 – Distrito Federal 3 a 0 Alagoas (25/18, 25/23 e 25/22)
Jogo 31 – Santa Catarina 3 a 0 Minas Gerais (28/26, 25/11 e 25/18)
Disputa de 1º e 3º
Jogo 32 – Paraná 3 a 1 São Paulo (26/24, 22/25, 28/26 e 26/24)
Final
Jogo 33 – Rio de Janeiro 3 a 0 Rio Grande do Sul (25/20, 26/24, e 25/16)

 

Comentários

comentários